segunda-feira, 23 de maio de 2016

Resenha de Nada a Perder - Edir Macedo





Ultimamente, tenho me interessado acerca de biografias. É com certeza um método eficiente para colher informações sobre as pessoas e suas histórias de vida.  No contato diário com colegas de trabalho, vizinhos e até mesmo os irmãos de fé (membros de igrejas) ouço muitas opiniões e críticas sobre tudo. No entanto, é a mídia, seja ela qual for, que molda os pensamentos, opiniões e até mesmo comportamentos.

Após a breve introdução, falarei agora sobre o livro: Nada a perder. Trata-se da trajetória de Edir Macedo, o líder da Igreja Universal do Reino de Deus. Muitas vezes eu critiquei a igreja mencionada. Até mesmo por desconhecer a sua história. Confesso que tinha antipatia por Edir Macedo. E tudo que eu sabia sobre o líder e fundador da Igreja Universal chegava até mim pelos telejornais nos anos 90. E o que aparecia na tv, na maioria das vezes  mostrada pela rede globo, era sempre algo para denegrir a imagem de Edir Macedo e seu ministério. Estava aberta a temporada de caça não só ele, mas também aos protestantes. E em 1992 alcançou o clímax com a prisão de Edir Macedo. Já nas primeiras páginas do livro, ele narra o espetáculo cinematográfico que foi armado para prendê-lo.

Muito me impressiono com a capacidade que a rede globo de televisão tem para manipular os brasileiros. Ela se viu absoluta por muitas décadas do século vinte. Mas quando se viu ameaçada, tratou logo de reagir com manobras e estratégias diabólicas. Eu digo diabólicas sim, pois a perseguição da rede globo é a todos os protestantes. Afinal, se as igrejas crescem, mais almas são salvas. E o diabo não quer isso! Aqueles que comandam as grandes mídias estão nas mãos de Lúcifer. Suas ações e pensamentos são malignos.

Ao ler o livro: Nada a Perder, passei a ter uma opinião diferente sobre Edir Macedo. Confesso que a sua difícil trajetória, problemas de saúde na família, o preconceito que sofreu até mesmo por parte de irmãos de fé, nada o fez desistir. A atrofia em suas mãos são ainda mais nítidas nos dias atuais, mas não se sentiu inferiorizado quando era jovem. Olhares diziam que ele era apenas um sonhador sem condições nenhuma de alcançar seus objetivos. Entretanto, desconheciam a força que havia por trás dele e que o tornaria mais um instrumento para salvar almas.

Digo, não há homens perfeitos no planeta terra. Na bíblia há relatos de homens fracos que se aperfeiçoaram pelo poder de Deus. Creio que com Edir Macedo também foi o mesmo. Ele mesmo fala de suas falhas e erros em seu livro. Mas, Deus não quer só pastores escondidos em pequenas igrejas falando sempre o mesmo dos velhos e distantes milagres narrados na bíblia. Edir Macedo é um homem destemido e ousado. Ele encheu estádios de futebol, proclamou para os pobres e miseráveis que Jesus cura  salva e liberta em qualquer época. A ousadia e fé dele despertaram parte dos pastores brasileiros e uma multidão de protestantes que estavam inertes e acomodados.
Pra finalizar, eu recomendo a você,  vale a pena ler o livro: Nada a Perder. E então quando concluir a leitura, saberá que quando se perde algo por amor a Deus, o resultado será sempre a vitória. A escolha é sua.

Classificação: Excelente


Postar um comentário